AGORA!

Sábado, 02 de março de 2024




MENU

SIGA:

Home » Geral » Notícia: Revis Ilha dos Lobos divulga Relatório de Monitoramento 2023

Revis Ilha dos Lobos divulga Relatório de Monitoramento 2023

◔ 11/02/2024 17h21min   ‣   Categoria: Geral   ‣   Tags: #Revis Ilha dos Lobos #Torres #lebo #marinho #Refúgio de Vida Silvestre da Ilha dos Lobos

Foi divulgado, nesta semana, o Relatório de Monitoramento de 2023 do Refúgio da Vida Silvestre da Ilha dos Lobos, em Torres. O relatório é realizado pelo Instituto Chico Mendes da Biodiversidade, órgão ligado ao Ministério do Meio Ambiente.

O Refúgio de Vida Silvestre da Ilha dos Lobos é uma unidade de conservação federal criada em 1983 e está localizado a menos de 2 km da costa gaúcha e o monitoramento é um conjunto de ações voltadas ao registro e conservação da fauna relacionada ao REVIS Ilha dos Lobos.

Através do monitoramento obtém-se alguns indicadores da biodiversidade que podem auxiliar o ICMBio a direcionar suas ações de conservação: quantidade de animais que utilizam a ilha ao longo dos meses e dos anos; diagnosticar eventuais problemas que possam ocorrer com os animais; entender a dinâmica de deslocamento de lobos e leões-marinhos na região; avaliar a qualidade ambiental. Os dados coletados nos monitoramentos podem subsidiar novas pesquisas científicas.

O monitoramento é feito da seguinte forma:

Semanalmente a equipe decola o drone da beira mar e vai até à Ilha dos Lobos. Uma pessoa fica observando as aves com o binóculo orientando o operador do drone para não se aproximar das aves. O drone sobrevoa a Ilha capturando vídeos e imagens e com estas imagens é feita a contagem dos animais. O monitoramento também é feito de forma embarcada.

Além disto, desde 2016 a equipe do REVIS faz a marcação de lobos e leões-marinhos para entender como estes animais se deslocam no nosso litoral. A marcação é feita com uma espécie de carimbo. É utilizado descolorante de pelos, que é aplicado no pelo do animal. O procedimento não causa sofrimento ao animal e fica no máximo 1 ano, até trocar o pelo. A letra T faz referência ao local em que ocorreu a marcação (região de Torres). 

No ano de 2023, por conta da gripe aviária, foram marcados apenas 04 animais, todos lobos-marinhos (Arctocephalus australis). De 2016 a 2023 foram marcados 44 animais, com um registro médio de até 1 reaparecimento. A marcação possibilita monitorar o tempo de permanência dos animais nas praias e o seu reaparecimento durante a temporada, por exemplo, o lobo-marinho T 42 teve 6 registros de aparecimento.

Em 2023, foram realizados 53 monitoramentos, ou seja, um por semana, sendo 6 deles embarcados.

Resultados dos monitoramentos na ilha: 106 lobos-marinhos, 1.448 leões-marinhos (Otaria flavescens). A temporada de 2023 foi marcada pelo primeiro registro positivo de H5N1 em leão- marinho no RS e durante toda a temporada, não foi observado nenhum animal doente na Ilha dos Lobos. Na faixa de praia, nos municípios de Torres/RS e Passo de Torres/SC, houve a ocorrência de 19 leões-marinhos e 4 Lobos-marinhos vítimas da Influenza Aviária.


Fotos- Divulgação

REVIS Ilha dos Lobos


Galeria de Fotos

Como você se sentiu com essa notícia?

35
Amei
7
Incrível
0
Uau!
0
Triste
0
Indignado

Compartilhe essa notícia!

GERAL
TUDO DE GERAL
VÍDEOS
TUDO DE VÍDEOS
POLÍTICA
TUDO DE POLÍTICA
ASSINE NOSSA NEWSLETTER
TRANSPARÊNCIA DOS MUNICÍPIOS
TUDO DE TRANSPARÊNCIA DOS MUNICÍPIOS
FOTO DO DIA

O savacu curtindo o guia-corrente da barra do Rio Tramandaí

A ave pode ser vista diariamente no local

VEJA MAIS FOTOS
LUGARES DO LITORAL
TEMPO
TUDO DE TEMPO