AGORA!

Sábado, 20 de abril de 2024




MENU

SIGA:

Home » Geral » Notícia: Acordo internacional reforça proteção a animais migratórios, entre eles, o boto de lahille

Acordo internacional reforça proteção a animais migratórios, entre eles, o boto de lahille

◔ 28/02/2024 19h03min   ‣   Categoria: Geral   ‣   Tags: #boto #Rio Tramandaí #boto de lahille

O boto de Lahille, o tubarão-mangona e os peixes dourada e piramutaba foram incluídos nos anexos da Convenção de Espécies Migratórias de Animais Silvestres (CMS, na sigla em inglês). 

As 3 espécies e a subespécie de golfinho se juntam a outros 10 táxons aprovados na COP14 da CMS, realizada em Samarcanda, no Uzbequistão, em fevereiro.

Criada em 1979 e implementada em 1983, a CMS lista espécies migratórias ameaçadas em dois grupos:

O Anexo I reúne espécies em perigo de extinção em toda sua área de distribuição ou parte significativa dela. A inclusão de espécies nesta lista significa a proibição de sua caça e pesca em todos os países signatários da CMS, com poucas exceções.

No Anexo II, há espécies que precisam ou se beneficiariam de acordos internacionais para sua conservação e manejo. Um animal pode estar simultaneamente em ambos.

A dourada (Brachyplatystoma rousseauxii), importante para a economia regional na região amazônica, foi incluída no Anexo II. O peixe se reproduz na região andina, e os filhotes descem para a engorda na Foz do Rio Amazonas, percorrendo 11,6 mil km, a migração mais longa do mundo em águas continentais.

A piramutaba (Brachyplatystoma vaillantii), encontrada principalmente nas Bacias Amazônica e do Rio Orinoco, foi adicionada no Anexo II. Seu trajeto de migração anual pode chegar a cerca de 3,1 mil km.

O tubarão-mangona (Carcharias taurus), espécie criticamente em perigo de extinção, foi incluído nos Anexos I e II. O declínio populacional da espécie é superior a 80% nas últimas três gerações.

Já o boto-de-Lahille (Tursiops truncatus gephyreus) será listado nos Anexos I e II por proposta do Brasil, Argentina e Uruguai. Esta subespécie é um golfinho classificado como “Em Perigo” na Lista Oficial das Espécies Brasileiras Ameaçadas de Extinção. O boto de lahille habita, entre outros locais, a barra do Rio Tramandaí.

A conferência também aprovou a Iniciativa Onça-Pintada, que busca aumentar a cooperação internacional entre os países que têm o animal em seus territórios. Um dos objetivos é desenvolver corredores transfronteiriços que facilitem a conservação da espécie.

Mais em informações em Ministério do Meio Ambiente CLICANDO AQUI


Foto-Pedro Fruet

Com informações do Ministério do Meio Ambiente através do Projeto Botos da Barra



Como você se sentiu com essa notícia?

33
Amei
8
Incrível
0
Uau!
0
Triste
0
Indignado

Compartilhe essa notícia!

GERAL
TUDO DE GERAL
VÍDEOS
TUDO DE VÍDEOS
POLÍTICA
TUDO DE POLÍTICA
ASSINE NOSSA NEWSLETTER
TRANSPARÊNCIA DOS MUNICÍPIOS
TUDO DE TRANSPARÊNCIA DOS MUNICÍPIOS
FOTO DO DIA

Mais um belo poente em Tramandaí

As cores do final da tarde trazem tons que encantam aqueles que reservam alguns minutos do seu dia para apreciar a natureza.

VEJA MAIS FOTOS
LUGARES DO LITORAL
TEMPO
TUDO DE TEMPO